Valdir José Lima - Presidente do Sintradete

Valdir José Lima – Presidente do Sintradete

Fundada em 05 de Novembro de 2000, na Rua Amador Bueno da Veiga, 41 – Penha- SP contando com a presença de vinte e sete trabalhadores, nasce o SINTRADETE – Sindicato dos trabalhadores, empregados, instrutores, diretores em auto escola, centro de formação de condutores A e B, e empregados em despachante documentalista do município de São Paulo e seus anexo e Afins do Município de São Paulo.

A partir desta data já foram realizadas diversas conquistas para o Trabalhador, assinamos a nossa primeira Convenção Coletiva de Trabalho com o Sindicato Patronal dos Despachantes em 01 de Novembro de 2004, á qual vigorou até 31 de Outubro de 2005. Foi firmado que a data base da categoria seria em Novembro. A primeira Convenção Coletiva de Trabalho com o Sindicato Patronal das Auto Moto Escolas em 01 de Janeiro de 2005, á qual vigorou até 31 de Dezembro de 2005, firmando assim que a data base desta categoria seria em Janeiro.

O Mundo do Trabalho passa por transformações sem precedentes na história brasileira.
Após a acelerada urbanização recente do país, concentrando o desenvolvimento industrial em algumas cidades-polo, especialmente em São Paulo, começa a acontecer a redistribuição espacial das empresas, ao mesmo tempo em que se reestruturam internamente para poder competir em preço e qualidade de produtos e serviços. Dentro desta nova lógica de mercado, a Capital do Estado se privilegia. E é aqui que se encontram sediadas as principais empresas do setor de Auto Moto Escola, Despachante e Transporte Escolar.

Isso coloca o nosso Sindicato dos trabalhadores, empregados, instrutores, diretores em auto escola, centro de formação de condutores A e B, e empregados em despachante documentalista do município de São Paulo  e seus anexo e Afins do Município de São Paulo, e talvez do país. Toda esta transformação e responsabilidade nos obrigaram a rever nosso papel enquanto trabalhadores e representantes de uma importante categoria. A modernização tecnológica vem solicitando profissionais polivalentes, bem instruídos, participantes e com iniciativas próprias.